Usina no interior de SP é multada em mais de R$ 80 mil após mortandade de peixes

  • 10/06/2024
(Foto: Reprodução)
Estudo da Cetesb apontou a presença de vinhaça, um composto químico líquido que surge através do processo industrial de transformação de cana-de-açúcar em álcool, no Rio Tibiriçá. Em nota, Clealco nega infração. Moradores registraram mortandade de peixes no Rio Tibiriçá, em Queiroz Arquivo pessoal Uma usina de açúcar e álcool de Queiroz (SP) foi multada em R$ 84 mil pela Companhia de Saneamento Ambiental do Estado (Cetesp) por crime ambiental com infração gravíssima. 📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp Segundo a companhia, a empresa Clealco é responsável pela mortandade de peixes no Rio Tibiriçá, que cruza a cidade de Queiroz. Técnicos constataram que os peixes morreram por falta de oxigênio na água, causado por águas residuais descartadas no rio. No dia 27 de maio, a Polícia Ambiental e a Cetesb estiveram no município coletando amostras do rio. A Polícia Civil de Queiroz também abriu um inquérito para apurar a mortandade de várias espécies de peixes no local, e uma representação sobre o caso também foi entregue ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP). Moradores denunciam mortandade de peixes no Rio Tibiriçá em Queiroz No último mês, moradores de Queiroz registraram uma grande quantidade de peixes de várias espécies mortos nas margens do Rio Tibiriçá. Segundo eles, o problema é recorrente e a principal suspeita era de que empresas da região estariam despejando resíduos de forma irregular no rio. O estudo da Cetesb apontou a presença de vinhaça, um composto químico líquido que surge através do processo industrial de transformação de cana-de-açúcar em álcool. Mortandade de peixe foi registrada em rio de Queiroz Arquivo pessoal Na sexta-feira (7), a análise completa da água ficou pronta e, em nota, a Cetesb afirmou que a multa foi aplicada "pela alteração na qualidade das águas do Rio Tibiriçá, que causou mortandade de peixes e condições inadequadas para a vida aquática". Em nota, a Clealco informou que "todas as suas operações seguem práticas sustentáveis" e que "cumpre as normas regulamentadoras aplicáveis". A empresa também reforçou que "não executa ou incentiva ações que impactem negativamente o meio ambiente". A companhia afirmou ainda que "possui um mapeamento detalhado de suas operações, e não encontrou nenhuma evidência que correlacione a empresa ao ocorrido", sendo que "o auto de infração recebido não conclui que o fato em questão tenha sido causado pela Clealco". Moradores registram mortandade de peixes no Rio Tibiriçá em Queiroz Arquivo pessoal Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília Confira mais notícias do centro-oeste paulista:

FONTE: https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2024/06/10/usina-no-interior-de-sp-e-multada-em-mais-de-r-80-mil-apos-mortandade-de-peixes.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes